À primeira vista, parece um acontecimento corriqueiro.

Todavia, estamos falando da celebração de algo muito mais importante do que a simples construção e inauguração de um prédio.

Em primeiro lugar, porque esta construção é o coroamento de um esforço coletivo que contou com o apoio financeiro doados por:

  • Itaipu Binacional
  • Sistema Eletrobrás Furnas S/A
  • Procuradoria Regional do Trabalho de Foz do Iguaçu
  • Justiça Federal de Foz do Iguaçu
  • Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente
  • Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu

Em segundo lugar, porque significa a melhoria de condições de trabalho e, consequentemente, uma estrutura adequada para o desenvolvimento de práticas esportivas e culturais.

Por isso, estamos orgulhosos por mais essa etapa concluída, mas sobretudo orgulhamo-nos de quem nos ajudou a realizá-lo.

Entregamos hoje aos nossos adolescentes, e por que não dizer a comunidade de Foz do Iguaçu: o ginásio de esporte, dotado de sala de jogos, banheiros, vestiários e arquibancada com capacidade para acomodar aproximadamente 400 pessoas e um elevador, possibilitando às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida acesso à arquibancada.

O significado desta inauguração é tanto maior, quando ela representa uma iniciativa coletiva, onde pessoas de sentimentos nobres, homens e mulheres que confiaram em nós, quando tudo ainda era um sonho, pessoas nobres, com sentimento de responsabilidades social, como Dr. Luiz Fernando Vianna, (Ex Diretor Geral Brasileiro da Itaipu Binacional) e Dr. Marcos Stamm, (Diretor Geral da Itaipu Binacional) Ana Clara Gesteira, (Gerente da Área de Responsabilidade Social de Furnas) do Ex Procurador do Ministério Público do Trabalho Dr. Enoque Ribeiro, que abraçaram esse projeto, atendendo prontamente ao nosso apelo, só tenho a lhes dizer muito obrigado, nós não os decepcionaremos.

Finalmente quero agradecer a deus, que nos deu forças, saúde e disposição para levarmos esta obra a termo.

HOMENAGEM

O “Ginásio de Esportes Clóvis Cunha Vianna”, da Guarda Mirim de Foz do Iguaçu-PR, debuta homenageando o ex-prefeito de Foz do Iguaçu-PR Clóvis Cunha Vianna, por iniciativa e sugestão de um congênito iguaçuense, ex-diretor desta Instituição Filantrópica Guarda Mirim, que, incontinenti, albergou assentimento unânime da diretoria administrativa e dos conselheiros desta Instituição.

BREVE BIOGRAFIA DE CLÓVIS CUNHA VIANNA

Clóvis Cunha Vianna, ex-militar, general do Exército brasileiro, escritor, engenheiro civil e político; natural do RS, berço de ilustres homens públicos, heróis da Revolução Farroupilha, dentre eles: Davi Canabarro, um dos seus ancestrais.

Na idade infantil, estudou no Colégio Militar da capital de Porto Alegre-RS. Na idade juvenil, estudou na Escola Preparatória de Cadetes; na Escola Militar de Realengo-RJ;

Academia Militar da Agulhas Negras-AMAN-Resende-RJ, Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais Superiores e Escola de Comando e Estado Maior do Exército Brasileiro. Na patente militar de coronel, comandou a tropa de Cavalaria Militar da Primeira Divisão de Cavalaria em Santiago-Chile, migrando para reserva remunerada como General de Brigada. Em Curitiba, formou-se em engenharia civil pela Universidade Federal do Paraná; foi presidente da Fundação Paranaense de Colonização e Imigração (representando o Estado do Paraná e de São Paulo); foi condecorado com Medalha Militar de Ouro e Medalha de Pacificador; foi condecorado Cidadão Honorário dos municípios de Pérola do Oeste/PR, Santa Isabel/PR, Dois Vizinhos/PR, Francisco Beltrão/PR e São Jerônimo da Serra/PR.

De sua autoria, publicou o livro “Problemas das Terras do Sudoeste do Paraná”.

No ano de 1974, no auge das obras de Itaipu, Clóvis Cunha Vianna, é nomeado Prefeito Municipal de Foz do Iguaçu-PR pelo presidente da República, Gen. Ernesto Geisel, onde permaneceu até 1984, ano em que a Usina de Itaipu começava a produzir energia.

Como prefeito nos deixou um legado de digno gestor público diligente, compromissado, competente administrador, aguerrido e íntegro.

Clóvis Cunha Vianna, produziu diversos projetos e construiu inúmeras obras significativas voltadas para a educação, saúde, emprego, assistência social, segurança pública, infraestrutura urbana e rural, dentre ela: O projeto do Plano Diretor da Cidade-PDC, amplas avenidas (JK e Paraná), Horto Municipal, arborização das principais avenidas no centro da cidade, terminal de Transporte Urbano, Ginásio de Esporte Costa Cavalcante, Postos de Saúde, Escolas Públicas Municipais, pavimentação asfáltica na cidade e nas periferias, ampliação da rede elétrica e ampliação das redes de água e esgoto, terrenos e incentivos fiscais para instalação de empresas, lojas e comércio em geral e faculdade (antiga Facisa, hoje, Unioeste)

Na sua família, foi exemplar marido, esmerado, zeloso e apaixonado por sua esposa, a pedagoga Léa Leone Vianna, fundadora, protagonista e ex-presidente benemérita desta apoteótica Instituição filantrópica e, exemplar pai amical, amoroso e afetuoso com os seus três filhos: a pedagoga e administradora Léa Rita, o engenheiro Lauro Luiz e o engenheiro Luiz Fernando, (ex-presidente da Hidroelétrica de Itaipu/2017/2018.

No ano de 2010, Clóvis Cunha Vianna, nos deixou, porque o Deus Eterno, lhe chamou junto ao seu Trono e Reino de Glória; mas dos Altos Céus, Clóvis, sobremaneira e profusamente nos regalou, através do seu filho, Eng. Luiz Fernando Vianna, com mais um dos seus feitos como homem público honrado, generoso e amigo da Guarda Mirim; disponibilizando recursos financeiros para a finalização deste significativo, triunfante e essencial Ginásio de Esportes Clóvis Cunha Vianna, como empreendimento de caráter esportivo, social, cultural, lazer e entretenimento de irrefutável serventia, que beneficiará substancialmente, além da Guarda Mirim, toda a comunidade em geral, desta terra mais garrida das Cataratas do Iguaçu, da Tríplice Fronteira e de Itaipu!

NOSSA ETERNA GRATIDÃO À FAMÍLIA VIANNA

Pesquisa realizada nos acervos bibliográficos da Biblioteca da Câmara dos Deputados, sobre a vida pretérita do ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Clóvis Cunha Vianna

Fotos: Adenésio Zanella.

Inauguração de ginásio teve a participação de autoridades municipais, guardas mirins e empregados de Itaipu

Dona Léa é conduzida ao palco pelo presidente da Guarda Mirim, Hélio Cândido do Carmo, e pelo assessor do DGB Tercio Alves de Albuquerque.

Descerramento da placa com o nome do ex-prefeito Clóvis Cunha Vianna: emoção de mulher e filho. “Foi uma surpresa”, disse Vianna.

O diretor de Coordenação de Itaipu, Newton Kaminski, cumprimenta dona Léa, fundadora da Guarda Mirim.

Adriana Samuel, medalhista olímpica em Atlanta (1996) e Sidney (2000), elogiou a iniciativa. Ela mantém projeto social no Rio.

Luiz Fernando Vianna e dona Léa. “É muito bom saber que meu marido ainda é lembrado na cidade”, disse ela.