A fundadora da Guarda Mirim, a ex-primeira dama Léa Leoni Vianna, confirmou presença em Foz do Iguaçu na próxima quinta-feira (26), dia em que a organização completa 41 anos de fundação. A data será lembrada com uma celebração, na sede da entidade, com presença de ex-guardinhas das últimas quatro décadas, que irão prestar uma homenagem especial, adiantou o presidente Hélio Cândido do Carmo. A Guarda Mirim de Foz do Iguaçu surgiu da necessidade de promover alguma ação em favor de oito meninos que viviam sem amparo na sede da Associação de Proteção a Maternidade a Infância (APMI). A fundação oficial, em 26 de julho de 1977, foi possível após a criação de uma estrutura administrativa composta por 18 membros da Sociedade Civil Organizada, denominada Órgão Deliberativo.

Texto: Ronildo Pimentel Freelancer | Foto: Nilton Rolin/Itaipu/arquivo)

FONTE: GDia